quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Casa Dançante (Frank Gehry) em Praga

A Casa Dançante , também conhecida como Ginger e Fred, é um prédio de escritórios em Praga (República Checa). desenhada por Vlado Milunić com o arquiteto Frank Gehry. Localizada na beira do rio, em um local onde havia um prédio que foi destruído durante o bombardeio de Praga (1945). Sua construção levou dois anos (94/96).
O prédio é comercial, não funciona nada ligado a cultura e artes, como era o plano inicial, na cobertura funciona um bar e um restaurante francês (Celeste Restaurant) com vistas magníficas da cidade. 

Em uma cidade com uma história de arquitetura rica, não há prédio mais controverso do que a emblemática Casa Dançante. O prédio curvado, em forma de B, feito em grande parte com vidro, se destaca dos antigos prédios que o cercam. 

Bom exemplo de desconstrutivismo, um estilo caracterizado por distorção e caos controlado. O contraste entre a Casa Dançante desconstrutivista e os prédios barrocos e em estilo "art nouveau" que a cercam contribui para uma fotografia arquitetônica deslumbrante.

O prédio conversa com o entorno, seja no gabarito de altura, nas janelas pequenas e em grande quantidade, alinhamento com os vizinhos,





terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Buddy

Conheça a Buddy, mistura de pufe, cadeira e apoio completo para gamers. Um assento onde os jogadores possam ficar no chão, próximos aos monitores e que ainda é eficiente para manter a postura correta do corpo. Combinação de praticidade, variedade de posições e correção postural, não fica restrita a quem tem um controle na mão; pode-se ler, trabalhar, assistir tv, enfim, fazer uma série de atividades. Ou simplesmente relaxar! A previsão é que comecem a ser despachadas pela Amazon Japão e outros sites a partir de abril, vou ficar atenta!








http://en.rocketnews24.com/2017/01/25/japanese-gaming-chair-is-blowing-up-on-online-retail-sites-and-twitter/

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Harvard anuncia curso online de arquitetura totalmente gratuito

Aos entusiastas da arquitetura, a aclamada Harvard tem uma notícia que fará do começo de 2017 uma oportunidade incrível. Isso porque a universidade americana abriu um curso online de arquitetura sem custos para falar da importância da atividade como expressão cultural, para além da realização técnica. O The Architectural Imagination será ministrado por Antoine Picon, Erika Naginski, K. Michael Hays e Lisa Haber-Thomson, e faz parte da parceria acadêmica online, fundada em 2012, entre Harvard e o MIT.
Assim como descrito no próprio programa da universidade americana, a “arquitetura é uma das práticas culturais mais complexas e tem como forma de expressão o material e as suas possíveis formas”. Ao longo dos 10 módulos, os mestres irão abordar os exemplos mais importantes da história da arquitetura e como esses se tornaram fonte de engajamento sócio-cultural.


A primeira parte do The Architectural Imagination tará aos alunos a ideia da arquitetura como imaginação, como aptidão que media a experiência sensorial e a compreensão conceitual. Já a segunda parte será mais focada no auxílio que a tecnologia propõe tanto para a realização dos projetos quanto para o seu entendimento.

Com início no dia 28 de fevereiro, o curso de 10 semanas, com esforço pessoal de 3 a 5 horas para cada atividade, não tem custo para a participação, apenas para a garantia do certificado (por US$ 99). Não deixe de se inscrever no The Architectural Imagination e bons estudos:
https://www.edx.org/course/architectural-imagination-harvardx-gsd1x

domingo, 19 de fevereiro de 2017

João Cabral de Melo Neto

A arquitetura como construir portas, 
de abrir; ou como construir o aberto;
construir, não como ilhar e prender,
nem construir como fechar secretos;
construir portas abertas, em portas;
casas exclusivamente portas e teto.

O arquiteto: o que abre para o homem 
(tudo se sanearia desde casas abertas)
portas por-onde, jamais portas-contra;
por onde, livres: ar luz razão certa.

Até que, tantos livres o amedrontando, 
renegou dar a viver no claro e aberto. 
Onde vãos de abrir, ele foi amurando 
opacos de fechar; 
onde vidro, concreto; 
até fechar o homem: 
na capela útero, com confortos de matriz, outra vez feto.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Arquitetando com Thelma: Sala de Jantar com Mesa redonda e uma nova pegada!

Olá Aline Sanches, ontem postei sala de jantar com mesa redonda, mas, sem ter essa pegada cheia de charme e estilo jovial que você me pedi. Veja bem, a mesa redonda combina com todos os estilos de ambientes, do contemporâneo ao clássico. Então, para dar a personalidade desejada ao ambiente, brinque com as combinações das cadeiras, a cor das paredes, quadros, molduras, papel de parede, espelhos e um belo lustre. Ouse! 

















sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Mesa sala de jantar redonda clássica

A mesa da sala de jantar redonda clássica, herança da avó ganham destaque no ambiente de qualquer casa. Se encaixa em qualquer tamanho. e disponibiliza espaço para uma cadeira a mais de forma a se adaptar ao número de pessoas que pretende utilizá-la, apenas lembre que uma mesa de 80 cm de diâmetro acomoda quatro pessoas e de 1,20m acomoda seis pessoas, com isso dá para se calcular a proporção do tamanho da mesa com o número de pessoas que pretende acomodar. É importante também verificar o espaço de circulação para afastar a cadeira.

































quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Capela Maria Magdalena - Zollfeld (Áustria).

A capela Maria Magdalena, projeto do arquiteto Gerhard Sacher (2014), é uma obra escultural, feito em concreto branco auto adensável.  Neste local as cerimônias e festividades acontecem com muita tranquilidade e contemplação. Em uma distância razoavel fica à colina Magdalensberg e o castelo Hochosterwitz. Essa obra representa um marco moderno, um símbolo expressivo de linguagem forma. Localizada em Zollfeld (Áustria), tem 27m2 de área construída 


O pátio é de cascalho ligeiramente descendente, através de uma rampa de acesso. No pátio, implanta-se o edifício de concreto branco e vidro, e os elementos básicos interpretam uma capela clássica de forma contemporânea. O concreto branco proporciona essa peça arquitetônica com pureza e estética especiais. Variadas luzes e condições meteorológicas alteram as cores e as impressões da superfície brilhante, desde o branco brilhante a um azul fosco no amanhecer, através do qual existem inúmeras matizes e texturas a serem observadas.